Na Outra Margem 27/09/2012

Entre 27 e 29 de Setembro, a Fundação Calouste Gulbenkian volta a acolher o Festival Jovens Músicos, na 2ª edição deste evento que culmina, com vários concertos, debates e lançamentos, o Prémio Jovens Músicos da Antena 2. A actuação dos laureados e escolha do Jovem Músico do Ano, que tocará no concerto de gala no sábado, a estreia absoluta, nesse mesmo concerto, duma obra de Sérgio Azevedo, Erasing Mahler, ao lado da reposição da obra que a Gulbenkian encomendou a Fernando Lopes Graça (Sinfonieta – Homenagem a Haydn), o concerto de música antiga em que o Divino Sospiro dará a ouvir, em estreia, a obra distinguida no prémio SPA/Antena 2 (O Que Será do Rio Without John Cage, de Nuno da Rocha) e uma ária de Pedro António Avondano, além das actuações de antigos laureados do PJM e concertos pela Orquestra de Câmara Portuguesa e pela Orquestra Jazz de Matosinhos – uma programação imparável, que mede o pulso à vitalidade e qualidade da música que se faz em Portugal e dos seus jovens valores. O centro duma conversa com o director artístico do Prémio, Luís Tinoco, em que participa Sérgio Azevedo.

Na 3ª parte do programa, o flautista e professor Francisco Rosado fala sobre o Encontro de Música Antiga de Loulé, que dirige e cuja 14ª edição começa neste sábado e decorre até 13 de Outubro.

Ouvir em pocast:

Parte 1                                Parte 2                                  Parte 3

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s