Na Outra Margem 07/02/2013

Orquestra Sinfonica Portuguesa

Uma história com vinte anos, começada a 9 de Fevereiro de 1993: a Orquestra Sinfónica Portuguesa, agregada ao Teatro Nacional de São Carlos e desde 2011 sem maestro titular, celebra o aniversário com um conjunto de iniciativas a ter lugar no nosso teatro de ópera e noutros espaços de Lisboa. Após um concerto lírico com Elisabete Matos, realizado no passado dia 2, e a anteceder vários outros concertos com a OSP ou com agrupamentos de câmara constituídos no seu seio, o dia da efeméride é comemorado, às 21h, com um concerto sinfónico dirigido pelo maestro Rui Pinheiro, iniciado com a estreia absoluta da Abertura Festiva de Luís Tinoco, encomendada ao compositor para a ocasião, e em que se ouvirá também a monumental Sinfonia nº 5, Africana, de Joly Braga Santos, e o Concerto nº 2 para Piano de Brahms, com o solista Artur Pizarro. Neste Na Outra Margem vamos até São Carlos, para um conversa com a violoncelista Irene Lima e o contrabaixista Pedro Wallenstein, chefes de naipe da OSP e co-organizadores do programa comemorativo.

Ouvir em podcast.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s