Na Outra Margem 31/01/2013

Gilberta PaivaFundou a primeira escola de música portuguesa situada fora dos grandes centros urbanos, a Academia de Música de Santa Maria, na Feira. Criou o primeiro conservatório regional, em Aveiro. Introduziu no país o sistema de ensino integrado, na Academia de Música de Santa Cecília, de que foi a primeira directora. A sua acção foi pioneira na democratização do acesso ao ensino da música. Foi pianista de mérito e professora de referência. Gilberta Paiva deixou-nos no passado dia 14, aos 97 anos. Antecedendo a missa em sua homenagem que terá lugar, a 5 de Fevereiro, às 18h, na Igreja Matriz de Santa Maria da Feira, este Na Outra Margem é-lhe dedicado – numa conversa com a sua neta, a musicóloga Ana Sá Carvalho, e o pianista António Rosado, que foi seu aluno no Conservatório Nacional, em que se inclui também o testemunho de outro dos seus pupilos, o pianista Eurico Rosado.

Para ouvir a partir de 31 de Janeiro, em podcast.

Na Outra Margem 10/01/2013

Russo

A abrir o ciclo Bom dia música! , de concertos mensais, em manhãs de domingo, na temporada 2013 do CCB, as sopranos Ana Paula Russo e Ariana Moutinho Russo e o pianista João Paulo Santos propõem o programa O Esplendor da Música Portuguesa do Séc. XVIII. Uma viagem à música que se ouvia nas cortes de D. João V a D. João VI, com árias de ópera e algumas das melhores peças vocais que se compôs nesse período, por nomes emblemáticos como Francisco António de Almeida, Pedro António Avondano e Marcos Portugal, entre outros. Tópico central duma conversa com as duas cantoras, para ouvir em podcast

Na Outra Margem 27/12/12 – especial Fernando Lopes Graça 6

CD As Mãos e os FrutosA fechar um conjunto de entrevistas em torno da figura e da obra de Fernando Lopes Graça, o pianista Nuno Vieira de Almeida está Na Outra Margem para uma conversa sobre a música para canto do compositor tomarense e também a de José Vianna da Motta, a propósito dos seus dois últimos CDs (ed. Tradisom),  em que, com  a soprano Ana Maria Pinto e o tenor João Rodrigues, gravou canções dos dois compositores (depois duma primeira série de discos com a soprano Elsa Saque, dedicados a Luís de Freitas Branco, a Joly Braga Santos e também a Lopes Graça).

Ouvir em podcast:

Parte 1                                                Parte 2

Na Outra Margem 15/12/2012 – especial Fernando Lopes Graça 5

músicas festivasAo longo de cerca de três décadas, para celebrar aniversários de jovens e velhos amigos, casamentos e outras ocasiões festivas, Fernando Lopes Graça compôs pequenas peças autónomas para piano, algumas das quais permaneciam inéditas – até que alguns dos dedicatários se uniram para o projecto de edição das partituras e de dois CDs com a integral das 23 Músicas Festivas, revistas e tocadas por António Rosado. No dia 16 de Dezembro, véspera do aniversário do compositor, são pela primeira vez apresentadas em público, num concerto marcado para as 19h, no Pequeno Auditório do CCB – antecedido, uma hora antes, pelo lançamento do primeiro CD e dos 4 volumes das partituras. Na Outra Margem, partimos à descoberta deste esquecido conjunto de peças, numa conversa com o pianista, com Ondina Camilo, uma dos promotores do projecto, e o pianista Nuno Barroso, produtor executivo e dedicatário duma das Músicas Festivas.

Ouvir em podcast:

Parte 1                                            Parte 2

Na Outra Margem 14/12/2012 – especial Fernando Lopes Graça 4

Foto: Patrick Devresse

Foto: Patrick Devresse

Em cada mês de Dezembro, o Museu da Música Portuguesa-Casa Verdades de Faria, no Monte Estoril, celebra o nascimento de Fernando Lopes Graça, de cujo espólio é detentor. Até dia 30, tem patente a exposição de fotografias que o francês Patrick Devresse capturou dum Portugal rural para incorporar o projecto de CD de Bruno Belthoise e Christina Margotto com os três cadernos das Melodias Rústicas Portuguesas, de Lopes Graça. No dia 15, às 18h, os dois pianistas dão um recital de apresentação do CD, durante o qual serão projectadas fotografias da série. O concerto será repetido no dia do aniversário do compositor, 17 de Dezembro, às 21h30, na Biblioteca Joanina, em Coimbra, e a exposição transitará a 9 de Janeiro para o Instituto Francês de Portugal, onde estará patente durante um mês.

Melodias rústicasEste é o primeiro tópico da conversa com Bruno Belthoise, em que se fala também dum projecto prestes a tomar forma, dentro de poucos meses, com a publicação do primeiro volume duma colecção de partituras de música portuguesa para piano (ed. AvA Musical Editions), com vista à sua disseminação nos conservatórios e escolas de música de Portugal, França e outros países.

Ouvir em podcast.

Na Outra Margem 08/11/2012

Foto de Carlos Valencia Maya

Com um final de ano marcado por concertos em Lisboa (7 de Novembro, auditório do ISEG), Roma (9 de Novembro) e Londres (18 de Dezembro) e com um CD com obras de Fernando Lopes Graça aguardado para 2013, o Doppio Ensemble passa esta semana pelo Na Outra Margem, numa conversa com a pianista Ana Queirós, sobre os objectivos e projectos deste duo (fundado há 10 anos com a violinista Evandra Gonçalves), que tem entre as suas prioridades dar a conhecer repertórios portugueses a um público cada vez mais amplo.

Ouvir em podcast:

Parte 1

Na Outra Margem 04/10/2012

Foto: João Messias

Encontrava-se a trabalhar num novo projecto de teatro musical, no esteio de Das Märchen e La Douce. Emmanuel Nunes, falecido a 2 de Setembro, foi artesão de uma obra idiossincrática construída desde a década de 1960, que atingiu dimensão internacional através dum importante apoio da Fundação Calouste Gulbenkian que permitiu a sua circulação e registo em fonogramas. Compositor, mas também pensador, polemista, autor de muitos textos reunidos no volume “Emmanuel Nunes – Escritos e Entrevistas” (ed. CESEM/ Casa da Música, 2010), teve um papel importante da formação de jovens compositores, no Conservatório de Paris mas também em Lisboa, nos Seminários da Gulbenkian. Neste Na Outra Margem, evocamos Nunes, através dos depoimentos de três compositores de diferentes gerações que foram seus alunos (João Rafael, Pedro Amaral e Jaime Reis) e duma entrevista com a pianista Madalena Soveral, que gravou para CD “Litanies du Feu et de la Mer” (ed. Numérica), o musicólogo Mário Vieira de Carvalho, presidente do CESEM e amigo do compositor, e o também musicólogo Paulo de Assis, coordenador do livro atrás referido e do simpósio internacional que há  quase um ano teve lugar na Culturgest.

Para ouvir em podcast a partir de 4 de Outubro.

Parte 1                                                  Parte 2

Na Outra Margem 04/07/2012

Com apenas dois anos de vida, o Musicorba é um consistente duo de piano a quatro mãos, formado pelo português Ricardo Vieira e pelo japonês Tomohiro Hatta, com os propósitos de divulgar, por entre o repertório clássico, obras de compositores dos seus países. Esta semana estão em Portugal, para actuar no Musicaldas – 5ª feira, 5 de Julho, às 21h30, no CCC das Caldas da Rainha (num concerto com a convidada Katia Guerreiro, em cujo espectáculo no Olympia, há poucos meses, o duo participou). É o pretexto para uma conversa com os dois pianistas sobre o seu projecto conjunto mas também sobre a intensa actividade de Ricardo Vieira como cronista e autor de programas de rádio, com o objectivo de divulgar música de compositores portuigueses.

Ouvir em podcast:

Parte 1                            Parte 2

Na Outra Margem 27/06/2012

Com um recital marcado para esta quinta-feira, 28 de Junho, no Festival de Sintra, em que vão interpretar sonatas de Beethoven e Brahms, o violinista Bruno Monteiro e o pianista João Paulo Santos viram recentemente publicado um CD monográfico de Ernest Chausson, o segundo que gravaram para a etiqueta americana Centaur, com a participação do Quarteto Lopes-Graça. Tópicos para abordar com o violinista, na primeira parte do programa. Na segunda, uma antevisão do Festival do Estoril, que decorre a partir de 4 de Julho, numa conversa com o director artístico, Piñeiro Nagy, em que se fala sobre a vocação inovadora e inclusiva do festival, as vertentes do certame adiadas nesta edição sob os efeitos da crise e a programação em si – de que se destaca, a 12 de Julho, o concerto em que o Quarteto de Cordas de Matosinhos vai tocar, no Instituto Superior Técnico, a integral dos quartetos de António Pinho Vargas, com a estreia absoluta do Quarteto nº 3, encomendado pelo IST.

Ouvir em podcast:

Parte 1                                 Parte 2

Na Outra Margem 13/06/2012

Fotos retiradas daqui e daqui

Entre 16 e 19 de Junho, em diversos espaços da zona de Belém, o Festival Coral de Verão, evento inserido nas Festas de Lisboa, agrega 12 coros portugueses e estrangeiros, que participam numa competição e oferecem concertos – como o final, em que vão ser ouvidas obras de Eurico Carrapatoso e João Rodrigues Esteves, e o de abertura, com a primeira audição  em Portugal da reconstituição que Robert D. Levin fez do Requiem de Mozart. Na semana seguinte, entre 26 e 28, no Seminário de Alfragide, na Igreja do Loreto e no Instituto Piaget, a Sinfonietta de Lisboa apresenta um programa que inclui obras de quatro compositores portugueses (Miguel Teixeira, Emídio Coutinho, Lea Brooklyn e Carlos Garcia), a anteceder um outro que em Julho vai levar ao Festival ao Largo, com música de Bernardo Sassetti e Pedro Jóia. Dois tópicos de uma conversa com os respectivos directores artísticos, Paulo Lourenço e Vasco Pearce de Azevedo, que aborda também a realidade actual da música coral no nosso país.

Ouvir em podcast:

Parte 1                                       Parte 2