Na Outra Margem 14/09/2012

No próximo dia 15, o Grande Auditório Gulbenkian abre as portas para uma série de concertos ao longo do dia, com que celebra meio século de existência da Orquestra e assinala o início da nova temporada – que oferece vários concertos de música portuguesa, com estreias modernas pelos dois agrupamentos da Fundação e pelo Divino Sospiro mas também primeiras audições absolutas de novas encomendas a Vasco Mendonça, António Pinho Vargas e Andreia Pinto-Correia. Já a 21 de Setembro, tem lugar o concerto de apresentação das obras resultantes do retomado workshop para jovens compositores. Risto Nieminen, director do Gulbenkian Música, fala sobre estes e outros tópicos, num Na Outra Margem que dá a ouvir também as palavras de Lawrence Foster, director artístico e maestro titular da Orquestra Gulbenkian que se prepara para a sua última temporada nesses cargos.

Ouvir em podcast:

Parte 1                                             Parte 2

Na Outra Margem 27/06/2012

Com um recital marcado para esta quinta-feira, 28 de Junho, no Festival de Sintra, em que vão interpretar sonatas de Beethoven e Brahms, o violinista Bruno Monteiro e o pianista João Paulo Santos viram recentemente publicado um CD monográfico de Ernest Chausson, o segundo que gravaram para a etiqueta americana Centaur, com a participação do Quarteto Lopes-Graça. Tópicos para abordar com o violinista, na primeira parte do programa. Na segunda, uma antevisão do Festival do Estoril, que decorre a partir de 4 de Julho, numa conversa com o director artístico, Piñeiro Nagy, em que se fala sobre a vocação inovadora e inclusiva do festival, as vertentes do certame adiadas nesta edição sob os efeitos da crise e a programação em si – de que se destaca, a 12 de Julho, o concerto em que o Quarteto de Cordas de Matosinhos vai tocar, no Instituto Superior Técnico, a integral dos quartetos de António Pinho Vargas, com a estreia absoluta do Quarteto nº 3, encomendado pelo IST.

Ouvir em podcast:

Parte 1                                 Parte 2

Na Outra Margem 30/05/2012

Entre 1 e 3 de Junho, a 2ª edição do Festival de Música de Setúbal, organizado pela Câmara Municipal com o apoio da fundação britânica Helen Hamlyn Trust, volta a trazer a diversos espaços da cidade e do concelho um conjunto de actividades que o tornam único e exemplar no panorama nacional, pelo envolvimento das comunidades da região, pela promoção da inclusão social, pelo incentivo à educação artística, ao mesmo tempo que oferece concertos de elevada qualidade, com músicos prestigiados. Ian Ritchie, o director artístico, desenhou uma programação que inclui uma proposta do Concerto Atlântico, de Pedro Caldeira Cabral,  com música portuguesa quinhentista sob o tema Cantos do mar e da viagem, e a actuação de Pedro Carneiro e de um quarteto de cordas da Orquestra de Câmara Portuguesa, que vão fazer a estreia absoluta duma versão da obra Cantos Tonales (en Épocas Atonales), de Fernando Altube, compositor e pianista argentino radicado em Setúbal.

Para ouvir a partir de 30 de Maio, em podcast:

Parte 1                           Parte 2